Faz sentido pra você?

Faz sentido pra você?

 

Uma vez, um frei contou uma história de um homem que ia à missa e dormia a missa inteira, acordando quando ele dizia Amém. E este frei, saudoso frei. Uma das poucas pessoas boas com quem eu conversava horas. E ninguém da escola me repreendia por matar aula para beber deste conhecimento e sabedoria tão próximos a mim...

Voltando à história dele...

Este frei sempre o observava de longe. Não havia o que fazer. Era um senhor de idade avançada. Ele não incomodava, apenas sentava e dormia sem emitir som algum. E neste domingo específico, este senhor acordou sobressaltado, como se o tivessem assustado. Um susto muito grande, que o transformou completamente. Ao ouvir a palavra AMÉM, ele se deu conta que vida estava passando por ele e ele havia parado no tempo.

O frei estava ao seu lado apenas observando, afinal, todos já haviam se retirado da igreja. E vira o susto e sua resolução, através da expressão facial e do brilho em seus olhos. O senhor beijou sua mão e agradeceu. E pela interrogação no rosto do frei, o senhor lhe disse que não deixaria a vida passar por ele sem que ele lutasse para sobreviver.

Porque estou lhe contando isso?

Estamos vivendo numa onda, onde a felicidade esta exacerbada e a gratidão é a palavra de ordem em todos os lugares. E o que é a felicidade afinal? É sorrir o tempo todo? É entrar nesta onda louca que vai atropelando as pessoas sem que elas entendam o significado do que sejam os conceitos exaustivamente divulgados por todos?

Não sei por você, mas se eu acordo chateada, eu não troco de roupa e finjo uma felicidade inexistente. E analisando mais a fundo, acordar chateada ou acordar feliz são momentos naturais. Ninguém é feliz o tempo todo e ninguém é triste o tempo todo. Dar-se o direito de sentir o que esta sentindo faz parte do ato de acolher-se, de conhecer-se, de aceitar-se e de seguir em frente. Claro que nestes dias, o melhor é ficar mais quieto (a), executar suas tarefas com foco e ir embora para cuidar de si.

E em falar em cuidar de si... Você se cuida? Olhe para dentro de você e analise. Sem julgar, sem faltar o respeito consigo, sem dar desculpas. Apenas, pergunte-se: qual foi a última vez que você se deu colo? Qual foi a última vez que você se apoiou, aprendeu com os fatos e seguiu em frente? O que você tem feito para tornar a sua vida mais próxima daquele sonho de vida, que você tinha na infância?

E por trás do cuidar-se existe algo muito maior que é o auto amor. Sim, como diria um amigo, aquele sentimento que faz com que paremos de nos tratar mal. E que comecemos a cuidar de nós mesmos como fazemos com as outras pessoas. E esta mudança se reflete até no tom de voz, na tez da pele e na visão de mundo.

Você toma água o suficiente para o seu peso? Sabia que se hidratar rejuvenesce?

Dentro deste contexto, agora vem o motivo real de contar tudo isso, faz sentido para você executar uma tarefa diária só para pagar suas contas? Que tipo de atividade você gosta de fazer, que dinheiro algum faça você parar de fazê-lo? Que tipo de atividade você gosta de fazer, que você ficaria horas executando e parece que o tempo parou? Que tipo de atividade você gosta de fazer, que faz seu coração aquecer e sorrir como se não houvesse amanhã?

É isso que me move: escrever e desenvolver sistemas. Fico horas nas duas atividades e meu corpo não sente o tempo passar. E é escrever qualquer assunto, é desenvolver qualquer coisa em qualquer linguagem. É ler e testar qualquer coisa que chega às minhas mãos. Porque se tornarão grandes contos ou histórias divertidas por ser perigoso, por vir carregado da energia do novo, por proporcionar momentos de pequenas vitórias por conseguir fazer seja o que for, e, principalmente, por aquecer meu coração. Isso para mim é a real felicidade, por que ela é sentida na mente e no coração.

Não há sentimento mais gostoso do que gostar do que se faz e trabalhar com que se gosta.

Faz sentido isso para você? Se sim e se você ainda não encontrou o que você gosta de fazer, teste tudo. Experimente tudo. E vá se conhecendo neste meio tempo, vá se cuidando e se respeitando. Dê-se o direito de errar e de aprender com o erro, sem julgamentos. Sua vida dará um salto quântico e tudo na sua vida vai melhorar.

Faz sentido para você?

Obrigada por me lerem.

https://www.linkedin.com/pulse/faz-sentido-pra-voc%C3%AA-andr%C3%A9a-giorgini/?published=t